Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Cebola ainda arde no bolso do consumidor
22/10/2019 19:23 em CIDADES

O produto teve uma alta no preço de 120% nos últimos 12 meses. Apesar de uma leve queda em outubro, o valor ainda está muito longe do comercializado em anos anteriores. Ouça com César Silva.

redacao@radiowebsobradinhodf.com.br

 

UM DOS PRINCIPAIS VILÕES PARA O BOLSO DO CONSUMIDOR EM 2019 É A CEBOLA. O PRODUTO MUITO UTILIZADO NA CULINÁRIA BRASILEIRA SUBIU DE PREÇO GRADATIVAMENTE DESDE O INÍCIO DO ANO. DE ACORDO COM O IBGE, NO PERÍODO DE 12 MESES, A ALTA NO PREÇO DA CEBOLA CHEGOU A 120 POR CENTO.

PARA SE TER UMA IDEIA, DE ACORDO COM O LEVANTAMENTO DA CONAB NAS CENTRAIS DE ABASTECIMENTO, AS CEASAS, NO MÊS DE SETEMBRO O QUILO DA CEBOLA CHEGOU A QUATRO REAIS DE 43 CENTAVOS. NO MESMO MÊS EM 2018, O QUILO DA CEBOLA NAS CEASAS ERA DE NO MÍNIMO 90 CENTAVOS. AINDA SEGUNDO A CONAB, O PREÇO DA CEBOLA ESTÁ CAINDO AOS POUCOS.

DE SETEMBRO PARA OUTUBRO DESTE ANO HOUVE UMA QUEDA DE APROXIMADAMENTE 20 POR CENTO. MESMO ASSIM, O PREÇO DA CEBOLA AINDA ESTÁ LONGE DO QUE ERA COMERCIALIZADO EM ANOS ANTERIORES.

A CONAB INFORMOU QUE O MOTIVO DA ALTA NO PREÇO FOI A COMPRA DE CEBOLA EUROPEIA PARA O MERCADO INTERNO.EM GERAL, O BRASIL COMPRA MAIS CEBOLA DA ARGENTINA, MAS EM 2019 PASSOU A COMERCIALIZAR MAIS DE PAÍSES COMO A ESPANHA E A HOLANDA.

 

 

COMENTÁRIOS