Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Depoimento de Lula: 'Sou o dono do sítio ou não?' os embates entre o ex-presidente e a juíza Gabriela Hardt
16/11/2018 10:53 em Brasil

Redação RWS e agências
redacao@radiowebsobradinhodf.com.br

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou pela primeira vez desde que foi preso em abril a superintendência da Polícia Federal em Curitiba para prestar novo depoimento como réu na Ooperação Lava Jato nesta quarta-feira. Dessa vez, não mais a Sergio Moro, que saiu de cena ao aceitar ser ministro da Justiça no governo Jair Bolsonaro, mas à juíza substituta da 13ª vara de Curitiba, Gabriela Hardt. Apesar da mudança de magistrado, o embate tenso se repetiu ao longo de quase três horas de interrogatório.

No processo em que prestou depoimento agora, o Ministério Público acusa Lula e sua família de serem os proprietários (de fato) de um sítio em Atibaia (SP) que recebeu reformas pagas pelas empreiteiras OAS e Odebrecht e pelo pecuarista José Carlos Bumlai. Para a acusação, as empresas custearam as obras com recursos desviados da Petrobras e de contratos públicos. O Ministério Público entende que a reforma, o uso intensivo da propriedade por Lula e familiares do ex-presidente, juntamente com outras provas circunstanciais, caracterizariam a posse e portanto o crime de corrupção passiva.

Já a defesa sustenta que, embora o ex-presidente frequentasse o sítio, ele pertence a amigos próximos, Jacó Bittar e seu filho Fernando Bittar. Lula argumentou que, não sendo dono da propriedade, o pagamento dessas obras não eram de seu conhecimento.

Logo na abertura do depoimento, Lula questionou Gabriela Hardt sobre a propriedade do sítio: "Doutora, eu só queria perguntar para o meu esclarecimento. Eu sou o dono do sítio ou não? Porque eu estou disposto a responder toda e qualquer pergunta. Eu sou dono do sítio ou não?".

"Isso o senhor que tem que responder e eu não estou sendo interrogada nesse momento", respondeu a juíza.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!